Logotipo Cine Theatro Brasil Magenta
Search
Close this search box.

Festival Ópera na Tela: La Traviata

Cinema – Filme – Ópera | 14 anos | 122 min
24 de março de 2022
Clique aqui e compre seu ingresso!

 

Sinopse

La Traviata. De Giuseppe Verdi Ópera Nacional de Roma. Ópera em 3 atos Ópera em duas partes e 3 atos. Baseado no romance A Dama das Camélias, de Alexandre Dumas Filho. Cantada em italiano. Encenada pela primeira vez em 1853 no Teatro La Fenice, Veneza.

Numa noite de boemia em Paris, Alfredo Germont, jovem de uma família respeitável da região da Provence, apaixona-se por Violetta, uma conhecida cortesã. Também atraída por ele, Violetta abandona sua profissão para se entregar – sem reservas – a Alfredo. Contudo, o pai de Alfredo, em nome do decoro burguês, convence Violetta a romper relações com o seu filho. Ela escreve então uma carta a Alfredo anunciando o rompimento, porém, sem revelar o motivo real de sua decisão. A tuberculose, que ela já havia contraído, volta a se manifestar com toda a força. Um mês depois, Alfredo fica sabendo pelo pai que Violetta jamais deixou de amá-lo e que ela sacrificou seu amor para preservar a reputação do amante.

 

O Festival Ópera na Tela

Entre os dias 14 e 24 de março, o público de Belo Horizonte poderá conferir o festival Ópera na Tela, no Cine Theatro Brasil Vallourec. A programação exibe montagens clássicas e releituras mais contemporâneas da atualidade lírica mundial, incluindo seis espetáculos inéditos: Der Rosenkavalier, de Strauss, Parsifal, de Wagner, Les Indes Galantes, de Rameau, Der Messias e As Bodas de Fígaro, de Mozart, Adriana Lecouvreur, de Cilea, e O Palácio Encantado, de Luigi Rossi. Entre os clássicos, estão os títulos Tosca, de Giacomo Puccini, La Traviata, de Giuseppe Verdi, Fausto, de Charles Gounod, e Lucia de Lammermoor, de Gaetano Donizetti. Outro destaque da programação é o documentário O Hip Hop Invade A (Ópera) Bastilha!, de Philippe Béziat, que mostra os bastidores da criação de Les Indes Galantes na Ópera de Paris.

Em cópias digitais e legendadas, as produções serão projetadas nos palcos do Cine Brasil em tela gigante, com alta qualidade de som e imagem, cadeiras confortáveis e preços acessíveis. “Estamos muito felizes por voltar a realizar o Festival Ópera na Tela depois da interrupção por causa da pandemia. Mais do que nunca, nesse momento em que não tivemos apresentações com público nos teatros, a captação audiovisual se tornou fundamental, por ter sido a única forma de registrar o espetáculo e de agora poder mostrá-lo”, comenta o curador Christian Boudier.

O festival Ópera na Tela, parceiro do Cine Theatro Brasil Vallourec, tem produção da Bonfilm – responsável também pelo Festival Varilux de Cinema Francês – e patrocínio da Varilux/Essilor, Luxottica/Persol, Engie, Grupo Accor/Sofitel e Laboratórios Servier. Os copatrocinadores são Air France, Edenred, MedRio, Naval Group, Total, Vallourec e Voltalia.

datas e horários

VALOR INGRESSOS

ENTRADA
MEIA ENTRADA

Bilheteria: Av. Amazonas, 315 – Centro.
Funcionamento: Seg – Sáb: 12:00 – 21:00 e Dom e feriados: 15:00 – 20:00.
Horário especial nos feriados.
Telefone: (31) 3201.5211 ou (31) 3243.1964

Loja Eventim – Shopping 5ª Avenida (sujeito a taxa de conveniência)
Rua Alagoas, 1314
Loja 20C– Savassi
BR – 30130-160 – Belo Horizonte

Crianças até 02 anos:
Crianças até 02 anos completos possuem gratuidade e permanecem no colo dos pais e/ou responsáveis legais.
A partir de 02 anos e 1 dia, a criança paga meia-entrada mediante apresentação da carteira de identidade ou certidão de nascimento

Meia-entrada:
A Partir de 1/12, de acordo com decreto n° 8.537 de 5 de outubro de 2015, só serão vendidos ingressos de “meia entrada de estudantes”, para aqueles que tiverem as CIEs ( Carteiras de Estudantes ) com os seguintes requisitos:
– Nome completo e data de nascimento do estudante
– Grau de escolaridade
– Foto do estudante
– Nome da instituição de ensino ao qual o estudante está matriculado
– Data de validade até o dia 31 de março do ano subsequente ao de sua expedição
– Certificação digital observando o disposto no inciso 2º do Art 1º da lei nº 12.933 de 2013
. O decreto n° 8.537, não permite que os estabelecimentos aceitem boletos ou carteirinhas de cursos, como comprovantes para a compra da meia entrada.

outros eventos que você possa gostar

plugins premium WordPress

INSCREVA-SE PARA RECEBER ATUALIZAÇÕES DO CINE